março 29, 2013

O amor ainda vive

Amor de tantas vidas
ainda paira nos sonhos dela
nos caminhos percorridos
na ânsia ao vê-lo, nos versos

poema sem fim de alguem
que se perdeu na estrada
longa estrada de doces lembranças
amor sem planos...

insensato amor Cigano!

Brida Di Beenergan - het. MR

março 14, 2013

Olhos tristes


brilho tão intenso 
quando pousou naquele olhar.

Vagou na escuridão...
perdeu-se na tempestade
...verso sem rima,
de uma imensa saudade!

Viviane Rodrigues - het. MR

março 08, 2013

Sombras na janela

Sombras  se propagam, percorrem a
rua vazia, no  peito uma agonia
onde adormece um  amor.

Sinuosos contornos
 a lua reflete na janela,
cor  magenta e lilás, ocultam
atrás do véu o rosto dela.

Inspira ternura ... se entrega
...abre o peito e escreve...

como se fosse Fada, Donzela,
Cinderela, Rapunzel na torre
do castelo  esperando seu príncipe
 que virá, ao anoitecer...
 Nas linhas de uma folha de papel!

aut.Vervain Violet - het. MR